quinta-feira, 14 de junho de 2012

Os ingredientes que formavam o Incenso Santo, o significado deles, a origem de cada um deles e a maneira que essa composição deveria ser usada


Os ingredientes que formavam o Incenso Santo, o significado deles, a origem de cada um deles e a maneira que essa composição deveria ser usada:

שמות פרק ל

לד וַיֹּאמֶר יְהוָה אֶל-מֹשֶׁה קַח-לְךָ סַמִּים, נָטָף וּשְׁחֵלֶת וְחֶלְבְּנָה, סַמִּים, וּלְבֹנָה זַכָּה: בַּד בְּבַד, יִהְיֶה. לה וְעָשִׂיתָ אֹתָהּ קְטֹרֶת, רֹקַח מַעֲשֵׂה רוֹקֵחַ, מְמֻלָּח, טָהוֹר קֹדֶשׁ. לו וְשָׁחַקְתָּ מִמֶּנָּה, הָדֵק, וְנָתַתָּה מִמֶּנָּה לִפְנֵי הָעֵדֻת בְּאֹהֶל מוֹעֵד, אֲשֶׁר אִוָּעֵד לְךָ שָׁמָּה; קֹדֶשׁ קָדָשִׁים, תִּהְיֶה לָכֶם. לז וְהַקְּטֹרֶת, אֲשֶׁר תַּעֲשֶׂה--בְּמַתְכֻּנְתָּהּ, לֹא תַעֲשׂוּ לָכֶם; קֹדֶשׁ תִּהְיֶה לְךָ, לַיהוָה. לח אִישׁ אֲשֶׁר-יַעֲשֶׂה כָמוֹהָ, לְהָרִיחַ בָּהּ--וְנִכְרַת, מֵעַמָּיו.

Shemot, Êxodo 30:34-38

34 Disse mais o ETERNO a Moisés: Toma substâncias odoríferas, estoraque, ônica e gálbano; estes arômatas com incenso puro, cada um de igual peso;
35 e disto farás incenso, perfume segundo a arte do perfumista, temperado com sal, puro e santo.
36 Uma parte dele reduzirás a pó e o porás diante do Testemunho na tenda da congregação, onde me avistarei contigo; será para vós outros santíssimo.
37 Porém o incenso que fareis, segundo a composição deste, não o fareis para vós mesmos; santo será para o ETERNO.
38 Quem fizer tal como este para o cheirar será eliminado do seu povo.


Esse texto da Torah se encontra na Parashah כִּי תִשָּׂא - Ki Tissá - Quando fizeres.


I - ESTORAQUE – Tradução da palavra hebraica נָטָף - NATAPH, a qual significa pingo, gota e é o nome de uma planta aromática.

1) A nossa oração deve ser em atitude de ADORAÇÃO VIVA ao Eterno.

2) Ela deve ser apresentada ao Eterno muitas vezes com sacrifício de jejum e com ofertas. Yeshua suou sangue quando orava ao Eterno pelo sacrifício que realizaria. (Lc. 22:44).


II – ONICHA (ÔNICA) – Tradução da palavra hebraica שְׁחֵלֶת - SHECHELET, a qual segundo se crê era o órgão que fechava um orifício. Peça córnea de um molusco, o caramujo, que serve para fechar sua concha. Fala de Yeshua, o único homem que D'us encontrou para que ficasse na brecha (Jr. 5:1,2; Ez. 22:30). E pelo fato desse órgão ou peça córnea pertencer ao corpo de um animal, fala também do corpo e da vida (sangue) de Yeshua, os quais foram oferecidos por nós. E esse é o único ingrediente do reino animal, porque o mesmo tem vontade própria e assemelha-se ao ser humano.

1) PETIÇÃO – A única forma de oração que o homem só consegue fazê-la perfeitamente pelos méritos de Yeshua. Fala do Mashiach e seu ministério sacerdotal – “em nome de Yeshua”. (At. 4:12).

a) Essa oração deve ser feita com fé. (Hb. 11:6).

b) Ela pode ser feita em forma de CLAMOR ou SÚPLICA e INTERCESSÃO.

c) Deve ser feita por alguém que esteja arrependido de seus pecados ou que já tenha sido perdoado por D'us.

d) Por alguém que confesse seu pecado:

- A D'us. (I Jo. 1:9).

- Uns aos outros. (Tg. 5:16).

e) E por alguém que confie que D'us é poderoso para perdoar. “Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados”. (I Jô. 5:14, 15).


III – GÁLBANO – Do hebraico חֶלְבְּנָה - CHELBENAH, uma resina trazida da Pérsia, produzida por duas plantas, as quais simbolizam a sinceridade e a verdade. E assim esse ingrediente aponta para uma oração de agradecimento sincero e verdadeiro.


IV – E o INCENSO PURO – Do hebraico לְבֹנָה זַכָּה - LEBONAH ZAKAH, que quer dizer incenso puro ou limpo.

1) Simboliza a oração pura de alguém que esteja com o coração embranquecido pelo sangue de Yeshua e cheio de amor. (Mt. 5:8; I Tm. 1:5; II Tm. 2:22; Sl. 24:4).

2) Uma oração de alguém que esteja vestido de vestes brancas e sem nenhuma mancha, as vestes sacerdotais. (Ap. 3:4,5, 7:9,14).


V – DEVERIA SER UM PERFUME AGRADÁVEL A D'US.

1) Temperado com sal – Com sabor, isto é, nem salgado e nem insosso. O original hebraico diz: מְמֻלָּח - memulach (com sal). E em várias traduções do תנ"ך, Tanakh (Primeiro Pacto) também consta: “com sal”.

2) Puro - Sem mistura estranha (limpo).

3) Santo – Separado do mundo pecaminoso e exclusivo para D'us.


VI – AS ESPECIARIAS ERAM PISADAS PRIMEIRO.


1) Símbolo do sacrifício do Mashiach. “Ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades”. “E pelas suas pisaduras fomos sarados”. (Ex. 30:36; Is. 53:5).


VII – PROCEDÊNCIA DAS ESPECIARIAS E SUAS MEDIDAS.


1) Três eram do reino vegetal.

2) E uma do reino animal.

3) Todas procediam de uma forma de vida.

4) Eram todas em medidas iguais, significando que a nossa oração deve ser:

a) Na forma de adoração viva e com sacrifício (oferta e jejum).

b) Na forma de petição confiante ou cheia de fé, com clamor, súplica e intercessão.

c) Na forma de gratidão sincera e verdadeira.

d) Na forma de louvor com um coração cheio de amor e pureza.

Nossa oração deve ter a mesma medida de vida, fé, verdade e pureza. Não adianta ter vida sem fé ou ter fé e não ter verdade, etc.


VIII – NOSSA ORAÇÃO TAMBÉM DEVE SER UNGIDA.

1) As dependências do Tabernáculo bem como os sacerdotes eram ungidos com o azeite da santa unção. Isso fala de Yeshua e também do nosso corpo, da nossa alma e do nosso espírito, que devem estar ungidos pelo Ruach HaCódesh, o Espírito do Eterno, o qual é simbolizado pelo azeite ou óleo da santa unção. (Ex. 30:25-30; Rm. 8:26).


IX – O INCENSO SANTO DEVERIA SER QUEIMADO COM BRASAS DO ALTAR PELO SUMO SACERDOTE. (Lv.16:12,13).



1) Assim também nossas orações devem ser encaminhadas até a presença de D'us pelos méritos do Mashiach e queimadas com o fogo do Ruach HaShem, Espírito do Eterno, como as brasas que queimaram os lábios do profeta Yeshayah. (Is. 6:6,7).

2) O fogo não podia se apagar no Altar de Incenso do Tabernáculo. (Lv.6:13). Assim também devemos “orar sem cessar”. (Ex. 30:7,8; I Ts. 5:17).


X - UM PERFUME PROIBIDO DE SER USADO PELO POVO ISRAELITA. (Ex.30:37).

1) As nossas orações devem ser dedicadas somente para D'us e em nome de Yeshua, nunca em outro nome. (At. 4:12; I Tm. 2:5).

2) Qualquer israelita que fizesse para si tal perfume, o mesmo era excluído do seu povo, porque isso seria para o Eterno, idolatria. (Ex. 30:38).

3) Os israelitas não deveriam oferecer outro tipo de incenso, pois o mesmo seria para D'us um fogo estranho. E foi exatamente por oferecer outro tipo de incenso que Nadabe e Abiu morreram. (Ex. 30:9; Lv. 10:1-3).

Nenhum comentário:

Postar um comentário